Radioescotismo – PT2CM

O que é Radioescotismo?

Radioescotismo é o nome que se dá ao uso de equipamentos de rádio como suporte e incremento às Atividades Escoteiras; é mais um atrativo para os jovens e mais segurança para os adultos. Através de uma Estação de Radioamador, é possível estabelecer contatos entre, por exemplo, nosso acampamento e a Sede do Grupo Escoteiro ou ainda, do nosso acampamento ou de nossa sede, contatar Escoteiros e Radioamadores em outros Estados do Brasil e ao redor do mundo. Essa é uma área de interesse extremamente diversificada, capaz de promover a intercomunicação entre os jovens, incentivando-os às práticas científicas e estudos técnicos, além de prepará-los para atuar em comunicações de emergências. É, também, um grande desafio. “O Escoteiro que é Radioamador aumenta sua capacidade de ajudar e participar da formação de uma sociedade solidária”.

São várias as atividades de Radioescotismo, dentro as quais destaca-se o Jamboree no Ar, ou seja, o JOTA. No Brasil, temos também o CQWS, o Scout’s Field Day e a Patrulha Baden-Powell. Você pode saber mais sobre essas atividades no site: www.radioescotismo.com.br .

 

O Radioamadorismo no Grupo Escoteiro Caio Martins

  • Sua primeira sede, em 1966, ocupava espaço na Estação Rádio do Exército em Brasília, no Cruzeiro Velho, onde é hoje a Quadra 8 e o seu fundador, Coronel Jesus, foi Radioamador;
  • Fazia parte das provas para noviço o aprendizado de Código Morse (Telegrafia) e existiam no Grupo vários “osciladores e manipuladores”, ainda valvulados, para prática;
  • Nos anos 70, atividades radioamadorísticas já faziam parte da tradição do Grupo, como o JOTA e visitas a estações de Radioamadores;
  • Nos anos 80, o Radioamadorismo já estava tão entranhado na cultura do Grupo que o JOTA era a maior atividade anual, reunindo dezenas de Radioamadores e centenas de jovens em torno do evento;
  • Em 1985, é fundado o Grêmio de Radioamadores do Grupo Escoteiro Caio Martins – PT2CM e instalada sua estação na sede do Grupo;
  • Os anos 90 foram profícuos, com inúmeras atividades, cursos e campeonatos foram desenvolvidos pelo Grêmio de Radioamadores do Caio Martins – 6°DF;
  • Já nos anos 2000, buscando o aprimoramento técnico e melhores condições para o desenvolvimento do Radioamadorismo, a estação principal mudou-se para o Lago Oeste;
  • Atualmente a estação PT2CM é a estação escoteira mais atuante no mundo Radioamadorístico, conhecida e reconhecida internacionalmente.

 

Como um grêmio, a PT2CM nunca teve um patrocinador, sempre dependeu da atuação de seus membros, seja com trabalho, seja com doação de equipamento, seja com a articulação para o recebimento de doações de equipamentos em descarga (conseguimos muitas coisas no Exército e com o IBAMA). Nosso principal mantenedor é o Grupo Escoteiro Caio Martins, que apoia regiamente nossas obrigações com a ANATEL. A mudança da estação, da sede do grupo para a chácara no lago oeste, teve como principal objetivo atingir o nível de competição internacional que tanto desejávamos. Lá, começou-se com o shack ainda dentro de casa com um rádio ICOM 746, um veterano linear Harris RF110, uma antena tribanda 10-15-20 modelo 3DX7 da Electril e uma antena vertical para 40.

Hoje, o Shack da PT2CM é composto por três posições de operação, sendo dois rádios Yaesu FT1000MP e um Yaesu FT1000MP MkV. Já o parque de antenas da Estação trabalha nas seguintes bandas:

  • Torre de 10m: Yagi OWA 6 elementos na parte superior da torre com rotor e uma Yagi 6 elementos LFA na parte inferior da torre. Ambas as antenas foram projetadas por Justin (G0KSC);
  • Torre de 15m: Yagi 6 elementos LFA também projetada por Justin (G0KSC);
  • Torre de 20m: Yagi 5 elementos OWA na parte superior da torre (Projeto G0KSC); logo abaixo, 2 antenas Yagi 6 elementos projetadas por Roberto (PT2KW). Todas as antenas alimentadas por um stack match;
  • Torre de 40m: Yagi 3 elementos fabricada pelo PP5UA com rotor;
  • 80m: Loop Skywire confeccionada pelos próprios radioamadores da PT2CM para contatos nacionais e uma antena vertical para contatos em DX.

Quer nos conhecer ou tem alguma dúvida? Mande um e-mail para a gente: contato@pt2cm.org.br

 
As frequências abaixo são recomendadas e são mundialmente utilizadas pelos radioamadores escoteiros!

80 M :: 3.740 & 3.940 (FONIA)  E  3.590 (CW)
40 M :: 7.090 (FONIA)  E  7.030 (CW)
20 M :: 14.290 (FONIA)  E  14.070 (CW)
17 M :: 18.140 (FONIA)  E  18.080 (CW)
15 M :: 21.360 (FONIA)  E  21.140 (CW)
12 M :: 24.960 (FONIA)  E  24.910 (CW)
10 M : 28.390 (FONIA)  E  28.190 (CW)

Antena - Banda de 15m - PT2CM

Baden-Powell previu o interesse dos escoteiros pelo rádio

Baden-Powell previu o futuro dos jovens e da radiocomunicação dentro do Escotismo. Em uma publicação da Organização Mundial do Movimento Escoteiro – WOSM, em “The JOTA Story”, Len Jarrett, 1993, há duas citações suas:

  • Em 1913, quando a revista “Wireless Word publicou um esquema da Companhia Marconi com instruções de como montar um telégrafo sem fios, dirigido a Movimentos de Jovens, BP teria comentado que “o rádio está se tornando um “hobby” favorito dos rapazes, e é de muito valor para eles, porque há muito futuro. Desejo que os escoteiros, custe o que custar, façam muito uso desta oportunidade que lhes é oferecida, porque certamente farão um bom trabalho e esse tipo de interesse lhes trará uma enorme recompensa no futuro”.
  • A outra citação ocorreu em 1922: “O que está se tornando a maior mania entre os jovens? A Radioescuta e toda a sua tecnologia”.

Comentários estão fechados.